Feeds:
Posts
Comentários

Anúncios

O Projeto Expressividade Cênica para Pessoas com Deficiência Visual, do Festival Internacional de Londrina (FILO), ganhou o Prêmio de Teatro Myriam Muniz – da Fundação Nacional de Arte – Funarte 2009, com a produção “Olhares Guardados”, criação e direção de Paulo Braz, da Divisão de Artes Cênicas da Casa de Cultura da UEL. O Projeto foi contemplado com R$ 40 mil para montagem do espetáculo de fevereiro a junho do ano que vem, colocando no palco os atores deficientes visuais: Flávio Cordeiro, João Durval, Marcos Santos, Sebastião Narciso e Tatiane Quadros….

Leia a matéria completa aqui

PALCO ‘Olhares Guardados’, espetáculo montado com o Prêmio Myriam Muniz de Teatro, leva ao palco atores com eficiência visual.

Veja a matéria completa aqui

Visita em Marília

Tião Balalão esteve em Marília de 15/9 a 17/9 participando da 3ª Feira Literária do Livro- Colégio Cristo Rei, realizando palestras inclusivas e um circuito de contação de histórias. Além do Tião estiveram presentes: Prof..Pasquale, Cuca Domenico, Cacá Lopes, Tânia Mara e O Teatro Mágico. Confira o Cartaz e fotos

A Escola Educacional Maf de Londrina, no dia 14/9/2011  homenageou o escritor Sebastião Narciso na 18ª  Noite dos Poetas- os alunos da segunda série do ensino fundamental I fizeram poesias em homenagem a ele.

Na Semana da Pessoa com Deficiência, hoje causos do escritor e contador de histórias Sebastião Narciso, que ficou cego há 25 anos. 

Depois que perdeu a visão, aos 28 anos, por conta de um acidente de carro, nada o alegrava. O ano era 1986.

A satisfação começou a vir ao escrever e aumentou quando ele começou contar as próprias histórias.

Está lançando o CD “Entre bruxas e sacis”, com histórias escritas e narradas por ele, que criou o personagem Tião Balalão Cabeça de Melão.

Para fazer contato com Narciso para contação de histórias ou para ter acesso ao CD, ligue 9991-3284.

Ou mande um e-mail para belaarti@sercomtel.com.br

Ouça o áudio abaixo. E ouça também um trecho da entrevista da jornalista e radialista Vita Guimarães.

Esta semana, o Trem das Onze, revista de cultura da UEL FM, está exibindo a série de entrevistas “Gente que ama o rádio”.

Vita estreou hoje a série. De ajudante da mãe na roça e empregada doméstica a atriz de radionovela, na Rádio Atalaia, em 1968.

Saiba mais. E para ouvir a íntegra, clique aqui

Saiu na mídia